Descubra se dropshipping vale a pena para o seu e-commerce

Muitos empreendedores têm medo de abrir uma loja online em razão do alto custo e dos fatores logísticos a enfrentar. Mas imagine se alguém oferece cobrir os custos iniciais de catálogo de milhares de produtos e gerenciar as suas operações de envio e entrega? É assim que funciona o dropshipping, que permite ter uma loja online sem precisar ter os produtos em estoque.

Geralmente o Drop Shipping é voltado para e-commerces e empreendedores individuais de marketplaces. O processo consiste em receber as ordens de serviço (vendas) online e encaminhá-las ao fornecedor, ou seja, o parceiro dropship, que por sua vez envia o produto para o seu cliente em nome da sua empresa.  Como resultado, não é preciso manipular ou ter acesso ao produto, você faz apenas o intermédio para venda.  O lucro com esse processo vem da diferença de preço entre o valor que você divulga na sua loja online e o que o seu parceiro dropshipping cobra, além de diversas outras facilidades.

No Brasil, o interesse por esse modelo de venda vem crescendo. Se você nunca tinha ouvido falar em Drop Shipping, talvez essa seja a oportunidade para dar início a um negócio.

O termo “dropshipping”, como qualquer outro método de venda, gera diversas reações, pode oferecer vantagens e desvantagens e é nesse ponto que você deve decidir se essa é uma necessidade da sua empresa ou se é algo que no momento não se encaixa.

Com tantos rumores ao redor é difícil saber em que acreditar, por isso fizemos este post. Aqui você vai saber tudo o que precisa para iniciar o seu próprio negócio dropshipping e evitar erros graves que podem acabar com um empreendimento desse tipo. Reunimos todos os assuntos, como noções básicas do conceito dropshipping e os benefícios e desvantagens encontrados.

Como funciona o Dropshipping

 

Drop Shipping é algo relativamente simples, como mostra a imagem abaixo, que dá uma visão geral de uma transação desse tipo.

Passo 1: Um visitante chega à sua loja online e faz uma compra.

Passo 2: Você recebe a ordem de venda e manualmente ou automaticamente passa essa informação para o seu parceiro Drop Shipping.

Passo 3: Seu parceiro fica responsável por separar as encomendas e enviá-las para o seu cliente final em seu nome.

Os benefícios de usar Dropshipping em seu negócio

 

Menos gastos: sem precisar investir em estoque de produtos de antemão, você pode começar um negócio dropshipping bem-sucedido com pouco dinheiro.

Poucas despesas fixas: já que você não tem que lidar com a compra e a gestão do catálogo e do estoque, os custos fixos são bastante baixos. Na verdade, pelo mundo afora muitas empresas dropshipping bem-sucedidas operam a partir de um escritório em casa com um laptop desembolsando menos de US $ 100 por mês. À medida que crescem, esses custos são suscetíveis a aumentar, mas continuam a ser baixos em comparação com as de um negócio tradicional.

Flexibilidade: um negócio dropshipping permite operar praticamente de qualquer lugar, basta ter uma conexão com a internet. Desde que você possa se comunicar com fornecedores e clientes, é possível operar e gerir o seu negócio facilmente.

Variedade de produtos: como você não precisa comprar com antecedência os itens para vender, você pode oferecer uma ampla variedade de produtos para os seus clientes potenciais. Desde que o seu fornecedor dropshipping tenha em estoque, você pode ir fazendo a inclusão de produtos na lista de vendas do seu site conforme for necessário.

Sem trabalho dobrado: com um negócio tradicional, se você recebe três vezes mais pedidos do que o normal geralmente isso exige o triplo do trabalho. Tendo fornecedores dropshipping, a parte de processamento de encomendas será feita por eles, permitindo que seu negócio se expanda com menos gastos e menos trabalho, por isso será quase a mesma coisa se você vender 5 ou 500 produtos.

Todos esses benefícios fazem do dropshipping um modelo muito atraente para os novos empreendedores, mas, infelizmente, nem tudo que reluz é ouro. Toda essa conveniência e flexibilidade tem um preço, como mostra o próximo tópico.

Desvantagens do Dropshipping

 

Algumas das desvantagens mais notáveis ​​desse modelo de negócio incluem:

Alta competição: um dos maiores desafios é você conseguir se destacar no meio da multidão, já que o dropshipping não permite ter variedades de produtos exclusivos. Você terá uma grande concorrência entre as pessoas que também usam esse meio para venda.

Margens baixas: outra grande desvantagem é a margem baixa, já que normalmente com dropshipping seu lucro será em torno de 20%. Isso torna muito difícil a competição com empresas maiores. Ter margens baixas também significa que você tem que vender um volume significativo para obter benefícios consideráveis.

Sincronização de catálogo (não disponível): se você tem em estoque todos os produtos que vende, é relativamente fácil controlar quais itens estão disponíveis ou não. Mas, quando você está trabalhando com produtos de terceiros, embora existam maneiras de melhorar a sincronização do catálogo da sua loja com os seus fornecedores, essas soluções nem sempre funcionam perfeitamente e os prestadores nem sempre possuem a tecnologia necessária. Por você estar confiando o catálogo a alguém, podem surgir ocasiões em que um pedido de envio é passado para o dropshipping, sendo que o produto já foi vendido. O efeito disso é muito grande, já que acaba refletindo no prazo de entrega e acarretando outros fatores.

Veja se o dropshipping funciona para o seu e-commerce

 

Escolha os produtos para enviar via dropshipping

Depois de ter escolhido um dropshipper, confira os produtos oferecidos e veja se existe alguma novidade para oferecer aos seus clientes.

Experimente produtos de acordo com o calendário

Tente produtos que você sente que está em alta no momento. Por exemplo, durante o verão você pode experimentar para sua loja virtual tops e roupas de banho, enquanto no inverno pode tentar blusas e chapéus. A vantagem é que você pode ousar e ser eclético conforme as necessidades do negócio.

Pergunte aos seus clientes que visão eles têm da sua empresa

Depois de um tempo de operação, comunique-se com seus clientes e solicite um feedback. Pergunte a eles o que acham de um produto antes de lançá-lo. Tente fazer algumas perguntas relacionadas ao produto após uma compra também. Faça pesquisas por meio das redes sociais.

Uma vez que você escolheu um produto para experimentar e está tudo definido com o dropshipper de sua escolha, é hora de começar a vender. Depois de publicar os produtos em sua loja, foque em vender muito usando táticas de marketing bem elaboradas para se destacar.

A conclusão sobre o uso de Dropshipping

Usar o Drop Shipping é o caminho para o sucesso instantâneo no e-commerce? Claro que não. Como qualquer loja online bem-sucedida, você deve investir tempo na criação de um website, marketing e atendimento ao cliente.

Mas, sim, usar o Drop Shipping é uma maneira fácil de iniciar um negócio sem ter que gastar grandes quantidades logo de cara. Essa pode ser a base para o sucesso da sua própria loja online.

A Mandaê também facilita sua vida

 

Se você já possui um estoque, mas não quer mais passar horas intermináveis empacotando e fazendo a postagens dos produtos aos seus clientes e ao mesmo tempo se preocupa com a segurança e qualidade, prazer, somos a Mandaê.

Nossa startup nasceu exatamente quando os fundadores Marcelo Fujimoto e Karim Hardane sentiram na pele a necessidade de algo que os ajudasse a resolver toda a parte logística do negócio que tinham na época. Assim, surgimos para oferecer o serviço de coleta, empacotamento e postagem para  mudar a vida de muitos empreendedores e fazer da logística algo descomplicado.

Se você tem encomendas para enviar hoje, não gaste nem mais um segundo empacotando. Conheça a Mandaê e veja como a logística não precisa ser algo complicado.

Você tem ou já teve experiência com a forma dropshipping de vender? Conte para gente aqui embaixo!

mandae_guialogisticaecommerce_-_banner02_16-08-16