E-commerce

Os 20 produtos mais vendidos na internet em 2022

Postado por Marcela Couto

Atualizado em abril 1, 2022 por Talitha Adde

Já é consenso geral que o e-commerce não para de crescer no Brasil, batendo recorde atrás de recorde. Em 2021, o faturamento do setor chegou a R$ 53 bilhões e deve aumentar ainda mais.

Para aproveitar esse cenário, você precisa saber quais são os produtos mais vendidos da internet. Felizmente, há espaço para os mais diversos segmentos: moda, saúde, beleza, eletrônicos, produtos para pet, móveis e muito mais.

Cabe a você escolher uma categoria com a qual tem afinidade e experiência para embarcar na tendência de crescimento do comércio eletrônico.

Para começar, siga com a leitura e fique por dentro dos produtos mais vendidos na internet em 2022. Vamos lá? 👀

    Ao assinar a newsletter da Mandaê, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações.

    Quais são os produtos mais vendidos na internet?

    Os produtos mais vendidos na internet este ano estão muito relacionados às mudanças nos hábitos de consumo que vivenciamos hoje. Confira a seguir quais são os campeões de vendas e por que vale a pena investir neles.

    1. Roupas e acessórios

    O setor de moda e vestuário segue na liderança dos produtos mais vendidos na internet em 2022. De acordo com a 7ª edição do relatório Nuvemcommerce, as roupas e acessórios representaram nada menos que 41% das vendas dentro da plataforma de e-commerce Nuvemshop no último ano.

    É fácil perceber que o segmento vai bem na internet. Basta observar a variedade de lojas online voltadas aos mais diversos públicos.

    São negócios de moda feminina e masculina, moda íntima, moda infantil, moda para a terceira idade, entre outras categorias. Além disso, surgiram novos nichos de mercado com grande potencial como moda plus size, moda evangélica, moda sustentável, moda pet, loungewear etc.

    💡 Saiba mais: Como montar uma loja virtual de roupas?

    2. Cosméticos

    A segunda categoria com maior volume de vendas na internet, segundo o relatório Nuvemcommerce citado acima, foi “Saúde e Beleza”, com mais de 13% de participação. É sinal de que os cosméticos seguem entre os produtos mais vendidos online em 2022.

    As possibilidades são inúmeras: hidratantes, perfumes, shampoos e condicionadores, itens de maquiagem, produtos de skincare etc. A novidade é que os produtos para o público masculino vêm se expandindo, ampliando ainda mais as oportunidades nesse segmento.

    Além disso, as tendências de cosméticos feitos com ingredientes naturais e livres de crueldade (não testados em animais) estão em alta em 2022.

    3. Notebooks

    Apesar da alta do dólar ter impactado fortemente os preços dos notebooks, eles continuam figurando entre os produtos mais vendidos da internet. O destaque do momento são os notebooks gamers, que tiveram aumento de 135% nas vendas, conforme dados da Consultoria GFK, publicados no Tudo Celular.

    Na mesma onda, aumentaram as vendas de monitores gamers, headsets e outros acessórios utilizados pelos jogadores online. Por outro lado, cresceu também o mercado de usados, devido ao aumento dos preços.

    4. Produtos contra a covid-19

    É impossível falar de produtos mais vendidos na internet em 2022 sem mencionar os itens de prevenção à covid-19. Nas listas de campeões de venda em marketplaces, vemos as máscaras descartáveis e as do tipo N95 despontando.

    Na mesma linha, produtos como álcool em gel e oxímetros bateram recordes de vendas. 

    Não há como prever por quanto tempo esses itens ficarão em evidência no e-commerce, mas parece que os hábitos de prevenção vieram para ficar no dia a dia dos consumidores.

    💡 Saiba mais: Como escolher fornecedores de produtos para revenda?

    Pessoas utilizando máscara e álcool em gel simbolizam produtos mais vendidos na internet durante a pandemia

    5. Livros

    De acordo com um levantamento do Mastercard SpendingPulse, que mede as vendas na loja e no varejo online em todas as formas de pagamento, os livros tiveram um crescimento de 82,9% nas vendas. O dado considera tanto os livros físicos quanto os e-books.

    Na indústria literária, o consenso é de que os livros digitais “salvaram” o mercado da falência. Então, tudo indica que vale a pena investir no comércio de e-books nos próximos anos.

    6. Móveis

    Ainda utilizando o levantamento do Mastercard SpendingPulse, observamos que as vendas de móveis pela internet cresceram 36,4%. Essa tendência pode ser explicada, mais uma vez, pela mudança nos hábitos de consumo causada pela pandemia do coronavírus.

    Afinal, nada mais natural que o desejo de organizar e personalizar a casa quando se passa muito mais tempo dentro dela.

    7. Itens de supermercado

    Devido à alta dos preços dos alimentos e itens de limpeza, surgiu uma tendência de compras online para os chamados produtos de ocasião, que geralmente são adquiridos em supermercados. Em grandes marketplaces do país, como Mercado Livre e Shopee, itens como sabão em pó, detergente líquido, bolacha recheada e leite condensado bateram recordes de vendas.

    8. Cápsulas de café

    Um dos produtos mais vendidos na internet em 2022 são as cápsulas de café — aquelas utilizadas nas máquinas de café espresso automáticas. A tendência indica que, cada vez mais, o consumidor substitui o cafezinho fora de casa pela comodidade das cafeteiras modernas.

    9. Itens de decoração

    Ainda no movimento de priorização de produtos para o lar, temos o aumento expressivo das vendas online de itens de decoração. Para você ter uma ideia, no marketplace Shopee, um dos grandes campeões de venda da atualidade é o papel de parede.

    Também entram na lista de produtos mais vendidos na internet cortinas de tecido, capas para almofadas, fontes de água decorativas, prateleiras, vasos, capachos, tapetes etc.

    10. Ring lights

    Falando de tendências mais específicas, o ring light se destacou entre os produtos mais vendidos na internet no último ano e deve seguir em alta. Basicamente, é um círculo de luzes de LED que virou febre entre influenciadores digitais, blogueiros, youtubers e usuários de redes sociais em geral.

    O acessório garante selfies e vídeos perfeitos ao uniformizar a pele e eliminar as sombras da imagem. Logo, faz sentido que usuários de internet procurem o produto para produzir conteúdos com mais qualidade e aparecer bem nas redes sociais.

    Além disso, o ring light proporciona uma imagem mais nítida em reuniões por vídeo em tempos de home office.

    Homem segura gráfico diante de um ring light

    11. Fones de ouvidos sem fio

    Na tendência wireless que tomou conta dos eletrônicos, os fones de ouvido sem fio foram os produtos mais vendidos na internet. O acessório se tornou obrigatório pela sua praticidade, tornando praticamente obsoleto o modelo com fio.

    12. Bebidas alcoólicas

    Outro efeito inegável da pandemia do coronavírus foi o aumento das vendas online de bebidas alcoólicas. Prova disso é que vinhos e cervejas figuraram entre os produtos mais vendidos em diversos marketplaces.

    Segundo dados da CNN Brasil, o crescimento das vendas online no segmento atingiu impressionantes 960% durante a pandemia.

    13. Produtos fitness

    Quando se exercitar em casa é a opção mais segura, o resultado é o aumento das vendas dos produtos fitness pela internet. Os destaques do segmento são cordas de pular, halteres, faixas, barras e anilhas, colchonetes, apoios para flexão e suplementos alimentares.

    14. Produtos pet

    As vendas de produtos para pets alcançaram R$ 46 bilhões e colocaram esse segmento em evidência no e-commerce. O produto mais vendido na internet é, de longe, a ração, que vem se diversificando cada vez mais em marcas e opções.

    Também ganham espaço produtos de higiene, cosméticos, roupas, medicamentos e brinquedos. Mais uma vez, a tendência é reflexo do crescimento da população de animais de estimação durante a pandemia do coronavírus, quando adotar um pet se tornou terapêutico para muitas famílias.

    15. Bicicletas e acessórios

    As vendas de bicicletas cresceram 54% durante a pandemia do coronavírus porque é uma das formas mais seguras de exercício ao ar livre. Com cada vez mais pessoas descobrindo o esporte, as bikes e acessórios como capacetes, luzes e kits de reparos ganharam destaque entre os produtos mais vendidos na internet.

    Homem andando de bicicleta na cidade

    16. Itens para home office

    O movimento home office que tomou conta das empresas contribuiu com o crescimento das vendas de itens para escritório na internet. As vendas de cadeiras para escritório, por exemplo, dispararam 90% durante a pandemia.

    Outros produtos que estão em evidência são mesas de escritório, organizadores, fones de ouvido, suportes para notebook e itens de decoração em geral. Afinal, para trabalhar em casa, é preciso ter um espaço adequado e móveis ergonômicos

    17. Webcams

    Os principais fabricantes de webcams noticiaram um aumento expressivo nas vendas do produto em 2022. A explicação é simples: cada vez mais pessoas precisam do equipamento para fazer videochamadas com qualidade.

    Com o distanciamento social e o home office, comunicar-se com colegas de trabalho, amigos e familiares pela internet tornou-se um novo padrão. Assim, as webcams passaram a integrar os equipamentos básicos da vida cotidiana.

    18. Produtos eróticos

    Antes cercado de tabus, o mercado erótico teve um crescimento surpreendente durante a pandemia, com sex shops chegando a triplicar suas vendas. Os produtos mais vendidos na internet são muito variados: vibradores, lubrificantes, próteses, géis especiais, lingeries etc.

    O segmento tem tudo para prosperar na internet, uma vez que os consumidores buscam formas de comprar os produtos eróticos com maior discrição. Para atender às demandas do mercado, os lojistas da área utilizam embalagens discretas e garantem a privacidade de seus clientes.

    19. Eletrodomésticos

    Interessados em renovar o lar, os consumidores brasileiros também estão investindo mais em eletrodomésticos. E a compra pela internet tem sido vantajosa, principalmente quando as lojas oferecem fretes mais competitivos e descontos irresistíveis.

    O destaque vai para a linha branca, que abrange os eletrodomésticos essenciais em qualquer residência, como geladeira, fogão, máquina de lavar, lavadora de louças, forno de micro-ondas, ar-condicionado etc.

    Além disso, a tendência da Internet das Coisas trouxe os eletrodomésticos conectados à realidade do consumidor, facilitando a gestão diária das tarefas domésticas.

    20. Óculos de grau

    Não é exatamente uma boa notícia, mas o maior tempo de exposição às telas vem causando um aumento de problemas de visão. Consequentemente, os óculos de grau começam a ocupar seu lugar entre os produtos mais vendidos da internet.

    A Chilli Beans, uma das maiores redes de óculos do país, registrou um aumento expressivo nas vendas de lentes corretivas e afirma que o segmento já representa 10% de sua receita. Além disso, hoje já é possível comprar óculos de grau online, sem precisar sair de casa, selecionando opções como tipo de lente, espessura, tratamento e proteção.

    Pronto para vender muito na internet?

    Se você ficou inspirado com os produtos mais vendidos da internet e também quer lucrar com essas tendências, chegou a hora de entrar para o mercado do e-commerce. A dica é criar sua loja virtual na Nuvemshop, uma plataforma de e-commerce completa que oferece todos os recursos para montar seu negócio do zero, sem precisar de conhecimentos técnicos.

    Melhor ainda se você tiver uma loja da Nuvemshop integrada à Mandaê, combinando a melhor plataforma de e-commerce com o melhor serviço de logística. Nossos algoritmos garantem coletas programadas com as melhores transportadoras, fretes com o melhor preço e entregas totalmente rastreáveis.

    banner de conversão para Nuvemshop

    E então, já sabe quais produtos vai vender na internet?Aproveite e veja também como vender pela internet e ter sucesso com seu e-commerce!

    Gostou? Compartilhe!