Marketing

Impulsione suas vendas com descrições de produtos perfeitas

Postado por Mandaê

Atualizado em julho 29, 2021 por Mandaê

A publicidade na internet tornou-se quase uma obrigação para o e-commerce. Lojas online investem pesado para atrair usuários. Contudo, sem boas descrições de produtos no seu e-commerce, você pode estar gastando dinheiro à toa.

Quem trabalha com vendas, seja online ou não, sabe que o discurso que acompanha um produto ou serviço é crucial para vender. De nada adianta atrairmos milhares de leads, se na hora de apresentar o produto não temos bons argumentos.

Para lojas virtuais, essas descrições de produtos são ainda mais essenciais. Lojas de grande fluxo conseguem clientes que procuram por produtos no Google, sem necessariamente ter de pagar anúncios para serem encontradas.

Há algum segredo para isso? Bem, mais do que segredos, há duas componentes-chave: as keywords e os benefícios.

Keywords nas descrições de produtos

A prática de SEO (Search Engine Optimization) estabeleceu que o uso de palavras-chave, ou keywords, permite a páginas alcançarem melhor posicionamento nas buscas. Muitos sites de e-commerce sabem disso, mas ignoram três fatores na hora de escolher as palavras-chave:

  • A nossa opinião a respeito dos nossos próprios produtos nem sempre bate com a forma com que os clientes procuram esses produtos na web.
  • As pessoas nem sempre procuram por um “item” em si, mas sim por formas de resolver seus problemas ou benefícios presentes ou não nesses produtos.
  • É preciso foco. Às vezes, palavras-chave mais abrangentes atraem muitos usuários, mas apenas uma pequena parcela deles realmente encontra aquilo que estava procurando.

Felizmente, o próprio sistema do Google Ads possui excelentes ferramentas gratuitas para auxiliar lojistas na escolha das keywords que devem figurar nas descrições de produtos.

Usando o Google Keyword Planner

O Google Keyword Planner é a ferramenta oficial do Google Ads para auxiliar anunciantes a buscar termos e palavras-chave aos quais querem relacionar seus anúncios.

Contudo, ele também pode ser usado para melhorar o seu conteúdo. Antes de tudo, você precisa criar uma conta no Google Ads. Depois você poderá usar essa mesma conta para criar anúncios. Se você já possui uma conta, apenas faça o login.

Assim que entrar, verá que existem ferramentas para palavras-chave. Uma delas sugere “descobrir novas palavras-chave”. Basta incluir os termos aproximados e gerais que pretende detalhar e clicar. Como resultado, você verá esta tela:

Como o seu objetivo aqui é o de enriquecer descrições de produtos, a coluna que realmente importa é a Média de Pesquisas Mensais. Com ela, você tem uma ideia clara de quão procurados são os termos derivados das keywords iniciais que você inseriu.

Separe aquelas relacionadas aos seus produtos com maior média mensal e tente utilizá-las nas descrições. Não exagere – e garanta que o texto faça sentido, claro.

Refinando as palavras-chave nas descrições de produtos

Na mesma tela, você poderá ver que no topo direito da tabela há um novo mecanismo para refinar palavras-chave. Aqui a coisa realmente fica interessante.

Esse mecanismo permite que você imponha novos filtros nos resultados. Você pode excluir keywords que contenham marcas, categorias que estejam fora do escopo do seu produto, etc. Isso pode tornar suas descrições de produtos ainda mais certeiras.

Referências da concorrência

Acompanhar a concorrência é fundamental. Todos nós, como gestores, temos uma ideia clara de quais são os concorrentes de alta performance.

Entre constantemente nos websites da concorrência. Verifique diferenciais no conteúdo presente em produtos, serviços e anúncios. Um melhor posicionamento da concorrência no Google pode estar relacionado simplesmente com a escolha de um ou outro termo.

A concorrência também pode indicar o tipo de tom usado nas descrições. Alguns mercados exigem mais formalidade, e você pode estar perdendo clientes com um texto muito informal. O inverso certamente também ocorre.

Usando os benefícios

Esse tema merece sozinho um post só para ele. Porém, quando falamos em benefícios, estamos falando daquilo que um produto possui como diferencial – não de seus atributos técnicos.

Um “tênis de cano alto, esportivo, nas cores laranja e verde-limão” é um texto que simplesmente descreve o produto visualmente. Além de redundante em relação às fotos, não diz ao cliente o que ele de fato gostaria de saber:

  • Esse modelo é usado por atletas ou gente famosa?
  • É confortável e evita bolhas nos pés?
  • É fácil de lavar ou encarde e perde a cor com o tempo?
  • Meus amigos ficarão com inveja?

Quando falamos em benefícios, isso quer dizer que suas descrições de produtos precisam responder as dúvidas do cliente em relação ao uso. E, melhor, colocar o produto em determinado contexto que seja desejado pelo cliente: como o fato de ser usado por famosos ou atletas de alta performance.

Na Mandaê nós entendemos tudo sobre frete e entregas, mas também ajudamos você em outras frentes. Inscreva-se abaixo na nossa Newsletter e fique por dentro dos conteúdos que produzimos para alavancar o seu negócio!

Leia mais:

+ Experiência do cliente: dicas de como encantar na hora da entrega

+ Por que contar com um serviço de rastreamento eficaz para o seu e-commerce?

    Ao assinar a newsletter da Mandaê, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações.

    Gostou? Compartilhe!