Pop up store: o que é e como utilizar para aumentar as vendas

pop-up-store

O modelo de pop up store é uma alternativa para varejistas online também atraírem o público-alvo no meio físico. São lojas temporárias que possuem custos relativamente baixos e podem gerar um retorno significativo a curto prazo.

Se você está pensando em testar o seu negócio no ambiente offline para expandir as possibilidades e permitir a interação física dos clientes com a sua marca ou produtos, mas não tem ideia de como fazer isso, então está lendo o conteúdo certo.

O que é pop up store 

 
Popularizadas em 2004 pela marca de moda japonesa Comme des Garçons, as pop up stores são espaços físicos que têm como objetivo funcionar durante determinado período e preferencialmente em um local estratégico que tenha coerência com a identidade da marca e com o que ela comercializa.

Muitas vezes são caracterizadas por uma aparência atraente e design inovador para oferecer uma experiência de compra marcante aos clientes. Nelas, é possível optar por vender uma grande variedade de mercadorias ou apenas uma pequena seleção.

No geral, os comerciantes do mercado virtual que apostam nesse modelo de loja buscam atingir novos clientes e testar o desempenho e engajamento da marca também no ambiente físico.

Os principais aspectos de pop up stores são:

  • Prazo: normalmente duram de 1 dia a 3 meses, mas existem casos de pop up stores que ficaram abertas durante um ano.
  • Localização: se concentram em áreas de tráfego a pé como centros de cidades, shoppings, eventos ou festivais.
  • Preço: muito inferior a uma loja tradicional por exigir a locação de um espaço a curto prazo.
  • Oportunidades: impulsionar as vendas, lançar novos produtos, gerar engajamento entre marca e cliente, movimentar estoque, testar ideias e localizações para encontrar oportunidades e identificar os desafios de se manter no meio físico.

 

Como uma pop up store pode ajudar a impulsionar sua marca

 
O conceito de pop up store busca fortalecer ainda mais os laços entre a marca e o consumidor. Veja como isso é possível:
 

Envolver clientes offline

 
Uma pop up store dá aos comerciantes a oportunidade de se comunicar pessoalmente com seus clientes e oferecer a eles uma experiência sensorial. Para muitos compradores online, não ser capaz de experimentar um produto antes da compra ainda é algo que influencia nessa decisão.

Imagine a seguinte situação: você lançou um creme para hidratação corporal diferente de tudo que o consumidor já viu, mas ainda está inseguro para começar a vendê-lo na sua loja virtual. Com a iniciativa de apostar numa loja pop up, você pode expor o produto e ter uma prévia do seu desempenho antes de divulgá-lo em seu site. Assim, os consumidores poderão conhecê-lo de perto e deixar suas impressões.

Um exemplo disso foi a Microsoft, que abriu 32 lojas pop up nos Estados Unidos e no Canadá para divulgar uma linha de tablets e ajudar os clientes a compreenderem melhor o funcionamento dos novos aparelhos. Apesar das diversas possibilidades que o meio virtual oferece, esse tipo de experimentação ainda é restrito ao meio físico.

A pop up store é uma oportunidade de testar coisas, por isso, se o seu produto for aprovado fisicamente, as chances de ele fazer sucesso também no ambiente virtual são grandes.

+ Veja como definir o seu público-alvo e aumentar as vendas
 

Divulgar a marca

 
Com tantos varejistas online competindo por atenção, é sempre um desafio conseguir se destacar. Diante isso, abrir uma loja pop up é vantajoso por ser algo que desperta o interesse e a atenção do consumidor. Imagine a quantidade de pessoas, além do seu público virtual, que podem conhecer sua marca através dessa iniciativa.

As pop up stores são formas de vender mais, porém, esse não precisa ser seu único foco. Um dos melhores exemplos disso é a loja pop up feita pela Marc Jacobs para promover a sua linha de perfumes Daisy. Ela adotou o conceito de “moeda social”, uma forma de trocar uma coisa por outra sem a circulação de dinheiro real ou virtual. Neste caso, optaram pela divulgação da marca por meio de postagens no Twitter, Instagram e Facebook com a hashtag #MJDaisyChain em troca dos seus produtos.

pop-up-store-marc-jacobs

A divulgação feita a partir dos próprios consumidores foi algo muito mais vantajoso do que apenas focar em vendas e é esse o verdadeiro espírito das lojas pop up: aproveitar a oportunidade de expor sua marca para que ela seja propagada em todos os meios possíveis.
 

Apostar no senso de escassez

 
O gatilho mental de escassez é muito utilizado pelas lojas para aumentar as vendas. As pessoas simplesmente atribuem mais valor ao produto quando correm o risco de não poder tê-lo mais tarde. É por isso que a loja pop up funciona bem, uma vez que fica em um determinado lugar por curto período.

Quando o cliente entra em uma loja desse tipo, o pensamento de que os itens logo não estarão mais lá faz com que fiquem dispostos a efetuar uma compra imediatamente.

+ Conheça gatilhos mentais poderosos para você vender mais
 

Exemplos de pop up store que fizeram sucesso

 
Para se inspirar, veja a seguir lojas pop up que marcas conceituadas criaram para oferecer uma experiência marcante ao consumidor.

Heineken

 
pop-up-store-heinekenn

Essa pop up store criada pela Heineken foi exposta no London Design Festival em 2014. Uma iniciativa para explorar conceitos de design inovadores e agregar valor a experiência da vida noturna no lançamento da Heineken Pop-up City Lounge.

Com dois containers e um design criativo, construíram vários espaços lounge para que os visitantes pudessem desfrutar de privacidade, cerveja e comida.

O projeto quis explorar o design social da marca e oferecer uma grande experiência de relaxamento e interação entre o público que, por sua vez, não economizou nos compartilhamentos nas redes sociais.

“A resposta do público a esse evento foi incrível. Foram postadas milhares de imagens no Instagram. Esse foi certamente um desafio fantástico: criar um conceito visionário inspirado em insights de todo o mundo, com uma equipe global de talentos emergentes do design”, contou Mark Van Iterson, Chefe Global de Design da Heineken, para o site The Dieline.

Esse exemplo mostra que oferecer muito mais do que somente o produto ao cliente pode gerar maior engajamento. Dessa forma, você fica livre para criar e oferecer um ambiente interativo para atrair mais fãs para a sua marca.

Adidas

 
pop-store-adidas

Para promover o 50º aniversário da linha de tênis Steve Smith e reforçar essa coleção que é um clássico da Adidas, a marca criou pop up stores no formato de enormes caixas de tênis.

Além de serem capazes de comprar sapatos de uma edição limitada, os clientes também puderam participar de uma experiência interativa com impressão 3D que, empilhadas nas paredes, ofereceram a oportunidade de personalização dos cadarços.

Outra surpresa na loja pop up ​​foi o Stan Yourself, um aplicativo que permitia que os clientes colocassem seu próprio retrato e assinatura no lugar do Steve Smith no logo da coleção.

Ao contrário da experiência usual de ir comprar um par de calçados, a marca esportiva fez questão de dar ao seu público uma experiência que eles jamais irão esquecer.

Warby Parker

 
pop-store-warby-parker

A marca de óculos Warby Parker criou uma loja itinerante dentro de um ônibus escolar que constantemente viaja pelos Estados Unidos.

“Como uma empresa online, estamos sempre à procura de formas inovadoras de expandir e tornar as compras de óculos uma experiência agradável para todos os nossos clientes. É uma forma divertida de expansão para o meio offline, vai muito ao encontro do estilo da Warby Parker e as pessoas adoram!”, explicou o cofundador da marca, Dave Gilboa, para o portal PSFK.

Em outubro de 2012, a Warby Parker visitou 16 cidades em pouco mais de 15 meses e, de acordo com Gilboa, assim foi possível descobrir quais cidades foram mais receptivas para que pudessem abrir lojas fixas e expandir a marca.

Em 2016, com mais de 30 lojas físicas, o ônibus escolar voltou para provar que pop up store é um meio eficaz de testar novas possibilidades de vender e ampliar a visão de negócio.

Models Own

 
pop-up-models-own

A marca de cosméticos Models Own resolveu usar um enorme frasco de esmalte para criar sua pop up store dentro de um centro comercial.

Nesse caso não foi preciso investir em formas diferenciadas de interação com os clientes, o design chamativo e a gama de produtos à mostra para serem testados e comprados foram suficientes. O público que passava pela loja pop up certamente fotografava e divulgava o conteúdo na internet.

Diante de todos esses exemplos, não quer dizer que você precise usar containers, ônibus ou uma loja que seja um frasco de esmalte gigante para poder fazer sucesso entre os consumidores. O real objetivo é mostrar que inovar e oferecer experiências incríveis às pessoas pode fazer sua marca decolar no mercado. Basta ter um pouco de criatividade e estar aberto às diversas oportunidades que existem.

Além de vender mais, use essa experiência também para aprender. Converse com seus clientes, colete dados e busque divulgação nas mídias sociais, pois isso certamente ajudará a potencializar ainda mais o seu negócio.

Lembre-se: mesmo sendo um negócio temporário, o impacto de uma pop up store pode ser permanente.
 
 
Você se aventuraria em divulgar sua marca no meio offline? Se já teve contato direto com seus clientes, compartilhe suas experiências com a gente!