Marketing

O que é “cauda longa” e por que considerar na sua estratégia de SEO?

Postado por Mandaê

Atualizado em julho 4, 2022 por Giovanna

O marketing digital tem inúmeras possibilidades e uma das estratégias que podem gerar resultados interessantes para a sua loja virtual é a chamada “long tail“, ou “cauda longa“, numa tradução livre.

Essa estratégia é muito utilizada nas campanhas de SEO e vamos explicar aqui por que ela deve ser considerada para a sua loja virtual.

Long tail e Head tail: conheça os tipos de palavras-chave

Vamos imaginar que você deseja deixar o seu e-commerce melhor posicionado nas pesquisas do Google. Para isso, você precisa desenvolver uma estratégia de SEO (Search Engine Optimization) que irá envolver, entre outras ações, a escolha de palavras-chave que façam sentido para o seu negócio.

Em primeiro lugar, um dos fatores que ajudam o seu site a aparecer nos resultados de busca são as palavras-chave. Se você inclui diversas informações no seu site ou no seu blog, são as palavras-chave que fazem com que seus conteúdos se tornem acessíveis pelos buscadores e apareçam para os usuários.

Existem dois tipos de palavras-chave que você pode trabalhar para gerar o ranqueamento desejado para o seu e-commerce: as palavras-chave “head tail”, ou cauda curta, e “long tail”, ou cauda longa.

O que são palavras-chave Head tail?

As palavras-chave de “head tail” são mais genéricas e são termos de busca mais gerais. Apesar de possuírem alto volume de buscas, a competição por elas também é maior. Dessa forma, é mais difícil para que um site consiga se posicionar na primeira página de busca do Google para uma “head tail“.

Além disso, por serem palavras-chave muito abrangentes, as possibilidades de conversão são menores por envolverem várias intenções de buscas.

O que são palavras-chave Long tail ou cauda longa?

A cauda longa, ou long tail keyword, é uma palavra-chave mais específica, com volume de buscas menor e uma competitividade naturalmente mais baixa. O objetivo é ser mais específico e afunilar o foco e o alvo em termos de público. As palavras-chave de “long tail” não são necessariamente maiores que as de “head tail“. O que as diferencia, no entanto, é a sua especificidade no termo pesquisado.

Palavras-chave de cauda longa podem ser bem interessantes para quem está começando a sua estratégia de SEO. Além disso, elas possibilitam uma maior conversão, pois quanto mais específica é a palavra-chave, mais clara é a intenção de busca do usuário.

Duas estratégias para trabalhar as Long tails no seu e-commerce

Nicho de alto valor

Envolve o planejamento de palavras-chave muito específicas para que a taxa de conversão seja maior. Nessa estratégia, é necessário pensar em termos focados em conversão, ou seja, o usuário já possui uma intenção de compra.

Por exemplo, vamos pensar na palavra-chave “tênis”. A palavra “tênis” por si só é uma head tail, com alta competitividade e baixa possibilidade de conversão. Porém, se pensarmos na palavra-chave “Preço Tênis Nike modelo 2016 cor branca” podemos considerar como um termo de conversão, pois é bem específico e a intenção de compra está clara.

Além disso, o design da página da loja virtual deve ser planejada pensando na conversão do usuário. Ou seja, invista em call to action (CTA) com botões incentivando a compra ou direcionando para outras páginas específicas. Como o tráfego para a sua página será menor, é importante otimizá-la para converter o máximo possível.

Por fim, se essa estratégia for bem implementada, você não vai precisar investir tanto esforço em SEO off page, ou seja, ações que você realiza fora de sua página para gerar tráfego, como guest posts ou conteúdo em redes sociais. Como a palavra-chave long tail possui menos competição, fica mais fácil ranquear e, assim, converter.

Alta cobertura em escala

Essa estratégia é um pouco diferente da anterior. Vamos pensar que o seu negócio pertence a um segmento específico e as possibilidades de ranquear para esse segmento são menores.

Por exemplo, se você possui um site que vende cursos sobre marketing digital. Contudo, conseguir ranquear para o termo de busca “marketing digital” é difícil devido à alta competitividade. Dessa forma, uma das estratégias a ser adotada é a utilização de vários termos no mesmo mercado, ou seja, pensar em variações para o mesmo termo de busca:

  • curso de marketing digital
  • aulas online de marketing digital
  • dicas de marketing digital
  • marketing digital curso gratuito
  • faculdade de marketing digital
  • Etc.

Com isso, para adotar essa estratégia, é importante produzir conteúdos que cubram todos os termos mencionados, com qualidade, sendo conteúdos úteis e únicos. Lembrando que o conteúdo deve responder as dúvidas do usuário.

Como planejar as Long tails para o seu e-commerce?

Vamos supor que você possui um e-commerce de produtos para bebê. Imagine um usuário que entra no Google com o intuito de comprar mamadeiras para o seu bebê. Pode ser que quando você pensar palavras-chave para os seus produtos, no caso mamadeiras, automaticamente você lembrará das palavras “head tail“. Ou seja, você pensará em palavras mais abrangentes, possivelmente sendo a mamadeira + o nome da marca.

Veja no exemplo abaixo as palavras encontradas ao digitar “mamadeira” no campo de busca do Google:

Exemplos palavras head tail

Cerca de 4.7 milhões de páginas da web são mostradas para a palavra-chave “mamadeira”. Dessa forma, diante dessa grande quantidade de opções, as chances do usuário ir direto na sua loja ficam menores, não é mesmo?

Mas, seguindo a estratégia de cauda longa, pense em keywords mais específicas que farão com que a sua loja apareça na frente dos seus concorrentes. Capturar esse usuário que está buscando algo mais certeiro e levá-lo até sua página tem uma grande vantagem: esse cliente irá encontrar exatamente o produto que está buscando.

Exemplos palavras long tail

Observe que, nesse exemplo da mamadeira, ao adicionar mais palavras no campo de busca do Google, o resultado se afunila cada vez mais.

Portanto, isso só indica que:

  • Você precisará criar conteúdos completos no seu site que forneçam a maior quantidade de informação possível que o usuário está buscando.
  • Você vai precisar criar descrições mais completas dos seus produtos que englobe todas as características digitadas no campo de busca.

Ainda no exemplo da mamadeira, se digitarmos no Google a palavra-chave “mamadeira para bebê de 3 meses anti-cólica“, os resultados mostrados caem para 215 mil páginas.

Ferramentas para planejar suas Long tail

Antes de mais nada, para selecionar quais long tails utilizar em sua estratégia de SEO, é importante tentar imaginar como o usuário faria a pesquisa nos mecanismos de busca.

Para isso, existem ferramentas que podem te auxiliar na pesquisa e seleção de palavras-chave para o seu negócio. Confira abaixo algumas delas:

Google Ads

O Google Ads talvez seja a ferramenta mais conhecida para estratégias de marketing digital. Ela oferece um planejador de palavras-chave onde é possível obter variações de determinada keyword, sugestões, além de estimativas de buscas mensais.

SEMRush

O SEMRush é uma ferramenta bastante completa para uma análise detalhada de um site. Acessando a área “Keyword Magic Tool” é possível digitar a palavra-chave desejada e obter suas variações, além das estatísticas de busca mensal, tendência de pesquisa e nível de dificuldade para ranquear organicamente nos 10 primeiros resultados do Google.

Ubersuggest

Com a Ubersuggest você pode encontrar diversas ideias e variações de uma mesma palavra-chave, além de poder consultar perguntas feitas por usuários na internet sobre esse termo de busca. Assim, você consegue trabalhar a criação de conteúdo e a descrição dos produtos do seu e-commerce.

Benefícios ao usar as Long tails para o seu e-commerce

Mais tráfego para a sua loja

Você sabia que as palavras-chave de cauda longa são responsáveis por 70% das buscas na internet? Elas estão se tornando cada vez mais populares, e um dos motivos é devido ao aumento das pesquisas por voz no Google. O “voice search”, em outras palavras pesquisa por voz, teve um aumento de 47% durante a pandemia do Coronavírus.

Com isso, pelo fato do usuário usar um comando de voz, naturalmente as palavras-chave pesquisadas serão mais longas. Portanto, com o aumento dessa popularidade, consequentemente as chances de aumentar o seu número de visitantes é maior.

Melhor custo-benefício

Além de atrair um usuário com maior chance de conversão, você também irá economizar dinheiro. Os sistemas do Google Ads, Facebook Ads e outras plataformas de patrocínio e publicidade online funcionam com “lances”. Na modalidade de custo-por-clique (CPC), por exemplo, cada usuário que clica gera um custo a ser pago pelo anunciante.

Dessa forma, quanto mais procurada ou disputada a palavra-chave, maior o preço que se costuma pagar por cada clique. Na cauda longa, por exemplo, como o volume de buscas é menor, o custo-por-clique (CPC) sai mais barato.

Outro ponto é que o esforço para ranquear organicamente em uma palavra-chave cauda longa é muito menor se comparado às palavras “head tail”.

Maior possibilidade de conversão

Se um dos seus principais objetivos para o seu e-commerce é vender mais, certamente as palavras de cauda longa podem ajudar você a alcançar esse objetivo mais rapidamente. Buscas mais específicas geram leads mais qualificados e, como consequência, maior possibilidade de vender.

Leia também:

+ Impulsione suas vendas com descrições de produtos perfeitas

+ Cross selling e upselling: como aumentar as vendas usando essas estratégias

    Ao assinar a newsletter da Mandaê, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações.

    Gostou? Compartilhe!