Negócios

Black Friday 2020: confira os resultados e o perfil de compra

Postado por Mandaê

Atualizado em dezembro 2, 2021 por Agencia Chili

Mais polêmica que programa de auditório vespertino, a Black Friday sempre divide quem compra e quem vende. Naquela chuvarada de descontos, acaba rolando um dilúvio de problemas como reclamações de fraudes e outros problemas que deixam a data com uma péssima fama para muitos.

Já falamos aqui como se preparar para a data, e hoje trago mais alguns dados de como foi a Black Friday 2020 e quais os aprendizados para a Black Friday 2021.

O balanço da Black Friday 2020 foi feito pela Social Miner e trás um panorama geral do comportamento de compra do consumidor e muitos aprendizados para a data deste ano, que será no dia 26 de novembro.

Black Friday 2020: principais resultados

A Black Friday do ano passado aconteceu durante a pandemia do coronavírus, e esse fator alterou a forma como o consumidor fez suas compras.

Com as restrições de circulação nas lojas físicas, o faturamento da Black Friday 2020 cresceu no comparativo com 2019. Nos dias 26 e 27 de novembro, o e-commerce faturou R$ 5,1 bilhões. Isso representa um crescimento de 31% versus o mesmo período de 2019.

Além disso, alguns dados interessantes na experiência do consumidor também mudou de um ano para outro:

  • O uso do Whatsapp no atendimento ao cliente duplicou em 2020;
  • O número de consumidores que compraram no período da Black Friday 2020 e tinham comprado na mesma loja em 2019 saltou de 2.06% para 9.8%. Em outras palavras, a taxa de recompra foi quase 5 vezes maior em 2020.

Importante ressaltar que de 30 dias antes da data, cerca de 30% dos consumidores já estavam pesquisando promoções. E 11% já estavam aproveitando as ofertas que encontravam.

Perfil do consumidor na Black Friday 2020

De acordo com a pesquisa da Social Miner, em 2020 os homens foram os responsáveis pelo maior volume no tráfego do e-commerce. Diferente de 2019, onde as mulheres representaram mais de 50% das visitas nas lojas virtuais. 

A região Sudeste representou 58% do tráfego nas lojas virtuais. O estado de São Paulo lidera a região com maior número de usuários, seguido pelo estado de Minas Gerais.

Já em relação aos dispositivos, o desktop foi o dispositivo favorito do consumidor durante o período de compras da Black Friday 2020.

Um ponto interessante é que o desktop é a preferência de uso durante os dias da semana. Provavelmente seja porque as pessoas já fazem o uso do computador para outras atividades, e aproveitam para acessar as ofertas da Black Friday.

Em compensação, aos finais de semana, o uso dos celulares é maior. Portanto, adaptar a comunicação do seu e-commerce de acordo com esse comportamento é importante para impactar o seu cliente do jeito certo.

Quais produtos foram os campeões de venda na Black Friday 2020?

A Black Friday 2020 aconteceu no dia 27 de novembro e já no dia 23 foi possível notar o aumento no tráfego dos e-commerces.

Os produtos de moda e acessórios apareceram em primeiro lugar na preferência do consumidor para a Black Friday, representando 25% do total de compra realizada. Em seguida, eletrônicos e informática (24%), beleza (19%) e multicategoria (9%).

Contudo, as categorias que apresentaram maior crescimento de vendas quando comparamos a primeira quinzena de novembro com a segunda quinzena, foram:

  • Eletrônicos e informática, com 183% de aumento das vendas;
  • Moda e acessórios, com variação de 178%;
  • Multicategoria, com variação de 107%.

Conclusão

A Black Friday 2020 foi expressiva em vendas, e tudo leva a crer que a Black Friday 2021 também será. Embora a pandemia do coronavírus ainda não tenha acabado e a situação econômica não esteja das melhores, o mercado está otimista em relação à Black Friday deste ano.

Com o aumento da taxa de recompra visto no ano passado, garantir que a experiência de compra do seu cliente seja positiva é importante para reter e fidelizar.

Por isso, esteja atento à alguns detalhes da sua loja virtual.:

  • Garanta boas fotos e descrições dos seus produtos;
  • Tenha uma loja adaptada para visualização em celulares;
  • Garanta que o serviço de atendimento ao seu cliente seja ágil;
  • E, principalmente, contrate um serviço de entrega de confiança.

Afinal, não adianta ter uma loja virtual impecável e não contar com uma logística que entregue a encomenda do seu cliente dentro do prazo combinado. Essa falha pode levar toda a sua estratégia por água abaixo.

Mandaê é um parceiro logístico que pode garantir que você se preocupe apenas com o que deve na Black Friday: vender! Com a Mandaê, você vende e deixa o resto com a gente.

💡 Se quiser falar conosco e conhecer mais sobre os nossos serviços, então clique aqui!

Leia também:

+ Black Friday 2021 – como se preparar e garantir resultados 

+ Pesquisa mostra como está a experiência do consumidor no e-commerce

    Ao assinar a newsletter da Mandaê, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações.

    Gostou? Compartilhe!