Como melhorar o design da sua loja virtual

design loja virtual

Montar uma loja virtual envolve diversos passos que devem ser planejados, da programação à escolha da plataforma, passando pela escolha dos meios de pagamento. Um dos elementos mais importantes, porém, é o design dela.

O maior conflito na hora de deixar sua loja virtual pronta é a beleza versus a praticidade e clareza do que você está querendo transmitir para o cliente que chega nela. É como uma conversa por telefone: quanto mais ruído, maiores são as chances da pessoa desligar. E aí ninguém garante que ela vai ligar de volta ou você vai ter que se desesperar para correr atrás dela.

A ideia, portanto, é que você tenha um resultado bonito, mas que ele seja compreensível e prático o suficiente para não afugentar quem quer comprar na sua loja.

Qual o propósito da sua loja virtual?

yummy-tummy_29b255bd-8cf0-402f-a7e8-4266d1e84e19

Essa pode ser uma pergunta simples, certo? Afinal você passou horas, dias, até anos criando sua empresa e sabe o porquê dela, o que ela faz, ao que ela se propõe. Mas e seu cliente? Quando ele entra no seu site, ele sabe exatamente o que você vende, para quem, com que diferencial? Você saberia por exemplo dizer o que vende o site da imagem acima? É da empresa de sopas e comidas Yummy Tummy.

Ao pensar nessa pergunta, lembre-se que – com sorte e com trabalho duro – sua loja virtual irá atrair pessoas que nunca ouviram falar da sua marca, seja ouvindo falar por alto ou em uma pesquisa aleatória. Então ela precisa saber logo de cara a resposta para a pergunta que vai surgir na cachola dela: “Aonde eu vim parar? ”

Isso pode ser feito de várias formas: frases de impacto logo na homepage, uma boa definição logo depois do nome da sua marca, uma boa composição entre imagens do que você vende e texto. Mas tenha certeza de que a pessoa vai entender o propósito da sua empresa assim que clicar no link.

Depois siga essas regras básicas para otimizar o design da sua loja virtual e vender mais.

1. Disponibilize o maior número de detalhes sobre cada produto

Lack-of-Detailed-Product-Information1

Algumas pessoas compram pela qualidade das imagens, outras pelas informações, o que não significa que você deve privilegiar um dos dois aspectos. Uma pesquisa do Grupo Nielsen observou que 18% das pessoas que compravam televisões de tela plana na Amazon se concentravam na imagem, enquanto 82% delas passavam mais tempo na descrição de cada uma delas. Isso porque o design delas não mudava muito entre si, o que importava mesmo para quem comprava eram as especificações tecnológicas de cada uma.

O contrário acontecia quando a pesquisa partiu para estudar a venda de estantes para livros: nesse caso, a maior parte do tempo das pessoas era gasto analisando as fotos, porque o design, cor, formato eram o que diferenciavam cada uma delas. Ou seja, objetos diferentes atraem comportamentos de compras diferentes, e por isso você não pode arriscar investindo mais em apenas um desses aspectos.

Analise cada produto e pense no que seria importante colocar como informação, o que o consumidor se perguntaria ao analisar a lista de opções disponíveis e coloque tudo na sua loja.

2. Invista em imagens de qualidade

Não vou me alongar muito neste ponto aqui, porque fizemos um outro texto bastante completo sobre como tirar fotos melhores para vender mais uma loja virtual. Vai lá ler que estou aqui te esperando para continuarmos.

3. Destaque o campo de busca e permita filtros

filtros loja virtual

Muitos clientes e clientes em potencial irão entrar no seu site querendo ir direto ao assunto, ou seja, achar logo o produto que ele quer comprar. Portanto deixe em destaque o campo de busca, use tags e palavras-chaves para facilitar os resultados caso ela não saiba nome de marca, modelo ou outra informação. Depois disso, permita que eles possam peneirar esses resultados por meio de filtros, determinados pelos tipos de produtos que você comercializa. Lembre-se de não colocar filtros de opções que você não vende – o cliente pode se sentir enganado.

4. Todas as informações importantes merecem destaque

freeshipping1

Dados para contato, informações sobre tipos de envios, prazos, política de devolução, disponibilidade em estoque e qualquer informação essencial ao cliente e a compra deve ser sinalizada e ser transmitida de forma clara. Quanto mais você tenta esconder ou dificultar a vida de quem entra no seu site mais será a insatisfação.

5. O processo de compra e pagamento devem ser simples

Layout 09

Em teoria, os melhores sites são aqueles que não exigem cadastro para efetuar vendas, já que esse tipo de processo geralmente é considerado trabalhoso, tedioso, afugenta pessoas desconfiadas ou todas as opções anteriores. Caso sua loja virtual não consiga fugir desse processo, utilize plug-ins sociais que importam informações de contas como Facebook e Google.

Segundo o site NuvemShop, “é recomendado também que o check-out tenha no máximo três passos. Comprar online é comprar com comodidade e para evitar burocracias, portanto, pense que um checkout burocrático pode afastar os clientes da sua loja. No mais, o processo final da compra deve ser clean, ou seja, feito de uma maneira que nenhum elemento possa distrair o consumidor. Quanto mais conteúdo tiver a página de checkout, maiores a chances do usuário sair de lá.”

6. Escassez pode ser um determinante

634x353xurgency1.png.pagespeed.ic.BUwtrmI7fS

Muitos sites de comércio eletrônico hoje em dia, ainda disponibilizam a informação de quantos produtos eles possuem em estoque. Pesquisas mostram que isso pode ajudar na decisão de compra em caso de itens que já estão acabando.

7. Destaque as resenhas e críticas de clientes

634x323xreview1.png.pagespeed.ic.A2pBvernje

Não há nada mais motivador na decisão de uma compra hoje em dia do que a opinião de uma pessoa de verdade que também comprou o mesmo produto – se é uma pessoa conhecida, tanto melhor. Portanto destaque as críticas e resenhas de seus consumidores. Se elas forem bem elaboradas, conscientes, serão muito mais positivas para vendas da sua loja.

8. Capriche no seu carrinho de compras

Layout 06

Segundo o site da Smashing Magazine, muitas lojas acabam achando que a página de carrinho de compras é algo de passagem e não dão um visual e funcionalidades boas para esse passo da compra. Aqui o usuário pode acrescentar quantidades, excluir produtos sem precisar voltar em páginas anteriores, consultar dados de frete. Isso é o básico. Mas você ainda pode tornar essa página em uma seção que permeia todas as outras, como um dropdown ou uma tela que aparecerá flutuando toda vez que a pessoa clicar no símbolo do carrinho.

9. Inclua integração com redes sociais

share.png.pagespeed.ce.9brq-PWorp

Hoje em dia, mais do que comprar, as pessoas também gostam de passear por sites de e-commerce olhando e pesquisando produtos que elas gostariam de comprar no futuro. Nesse processo é muito comum compartilhar esses objetos de desejo com seu círculos sociais nas principais redes.

10. Incentive seus clientes a receber informações especiais

Layout 16

Quem não chora, não ganha e-mail! Crie opções para captar e-mails de seus visitantes e clientes para enviar promoções, cupons de descontos, novidades. Isso cria uma consistência maior no número de visitas e a possibilidade de vendas.

11. Destaque a boa publicidade

pebble-watch

Dê um espaço para mostrar o que grandes veículos de comunicação estão falando sobre você. Mostre que sua loja já saiu em matérias que trouxeram frutos positivos para seu negócio.

Comentário em “Como melhorar o design da sua loja virtual

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *