Marketing

Saiba o que é gamificação e como usar essa estratégia

Postado por Mandaê

Atualizado em agosto 10, 2021 por Mandaê

o que é gamificação

A gamificação, também conhecida como gamification, está modificando a forma com que muitas empresas enxergam os tradicionais programas de fidelidade, criando novas maneiras de interação e oferta de bônus exclusivos de forma mais atrativa e dinâmica.

O termo foi cunhado pela primeira vez em 2002 pelo programador e inventor britânico Nick Pelling, que propôs a aplicação de conceitos, design e mecânicas do mundo dos games para motivar e envolver as pessoas a resolverem situações do mundo real. No entanto, essa ideia inovadora só ganhou o mercado em 2010, quando empresários começaram a investir na criação de sistemas de conquistas e recompensas para gerar maior engajamento entre seus clientes e até motivar seus funcionários.

Para e-commerces, o uso dessa técnica oferece um atrativo a mais: tornar o processo de compras mais divertido, principalmente diante da vasta concorrência entre as lojas.  A gamificação dá a uma pessoa a oportunidade de conseguir algo, como atingir uma meta, ganhar pontos, cupons ou competições, que geralmente podem ser chamados de recompensas. Quando as pessoas são recompensadas, são ativados centros de prazer no cérebro que estimulam sentimentos positivos, o que pode impactar na lealdade a uma loja.

“Premiações sempre são eficazes, mas premiar por meio de uma gamificação faz com que o processo seja mais divertido, pois envolve o cliente em uma história ou jornada que torna prazeroso participar da promoção, independente do prêmio final”, explica Felipe Marlon, programador, produtor, economista, fundador da PushStart e professor do curso Gamification Marketing da Universidade Buscapé Company.

Para entender melhor como utilizar a gamificação no e-commerce, confira o papo que batemos com o Felipe:

Michele Prado: Embora o conceito de gamification, ou gamificação, não seja tão novo, ainda é raro ver empresas que adotam essa técnica no Brasil. Profissionais que investem nisso podem obter vantagens competitivas no mercado?

Felipe Marlon: Certamente é uma vantagem competitiva, poucas empresas adotaram estratégias de gamificação e isso pode ser um diferencial no seu negócio. Utilizar e construir algo dentro de um conceito novo é desafiador para qualquer modelo de negócio, mas permite almejar melhores resultados. O interessante é que a gamificação é um conceito que pode ser utilizado em negócios off e online, além de processos internos. Aplique sempre com um objetivo definido!

MP: Existem cases que mostram como um determinado jogo online pode melhorar a alimentação e o bem-estar de crianças. E no comércio eletrônico, como é possível utilizar o “know how” de games em estratégias para alavancar uma loja virtual?

FM: Sim, minha empresa PushStart desenvolveu um jogo chamado Legião dos Superpoderes, em que o foco é o uso de gamificação para a construção de hábitos mais saudáveis em crianças.
Quando pensamos em comércio eletrônico existem muitas possibilidades para aplicar, seja para aumentar sua base de cadastros, converter compras ou engajar e fidelizar seu cliente. Um case brasileiro interessante é o da Wine, pois criaram um storyteling, associaram com o momento da marca, envolveram os clientes em uma sequência de desafios e recompensaram no final. Mas se deseja ver algo bem mais simples, acesse o site de camisas threadless.com e veja a simpatia do carrinho de compras ao adicionar o produto.

MP: O uso de técnicas de jogo com premiações e bônus ajuda a aumentar a fidelização de clientes?

FM: Premiações sempre são eficazes, mas premiar por meio de uma gamificação faz com que o processo seja mais divertido, pois envolve o cliente em uma história ou jornada que torna prazeroso participar da promoção, independente do prêmio final.

MP: Pequenos empreendedores podem utilizar a gamificação para criar interações inovadoras com seu público ou a aplicação dessa técnica exige alto investimento?

FM: Se você deseja aplicar gamificação, o importante é que ela seja parte de um objetivo de negócio e isso pode implicar em um orçamento pequeno. Por isso a gamificação é uma excelente opção para pequenos empreendedores, pois é possível criar soluções de diversos tamanhos e inovar no seu negócio.

MP: Quais são os primeiros passos para começar a planejar campanhas de marketing envolvendo gamificação? 

FM: Para aplicar bem gamificação é necessário que você se aprofunde um pouco no conceito, mas resumindo em “6 passos”, diria:
1- Defina seu objetivo
2- Defina o comportamento desejado
3- Descreva seus jogadores/clientes
4- Crie ciclos
5- Use as ferramentas certas
6- Coloque diversão, sempre!

Leia também:

+ Use metas SMART para garantir o crescimento do seu e-commerce
+ Cross selling e upselling: melhore suas vendas com essas duas estratégias

Gostou? Compartilhe!