Negócios

Principais erros de gestão financeira em e-commerces

Postado por Mandaê

Atualizado em março 30, 2022 por Nuvemshop Acesso

Abrir um e-commerce e mantê-lo em funcionamento é uma tarefa que pode ser árdua e requer planejamento e esforço. Parte significativa do trabalho reside em evitar erros na gestão financeira no e-commerce, que deve ser profissional. Essa etapa é importante, aliás, para todos os modelos de negócio, não apenas os e-commerces. 

Alguns exemplos que podem trazer prejuízos aos negócios são a falta de gestão de recebíveis, a mistura de contas bancárias pessoais e empresariais e a falta de controle de estoque. 

Pensando nisso, o Koncilim, junto ao E-commerce Brasil, fizeram um levantamento para traçar o perfil da gestão do comércio eletrônico no país

Na pesquisa “Perfil da Gestão e Conciliação Financeira do E-commerce no Brasil”, foram coletados e analisados dados fornecidos pelos próprios lojistas. 

As áreas que tiveram destaque por serem as mais presentes no e-commerce, como moda e acessórios (22%), móveis e decoração (15,3%), informática (15,3%), eletrodomésticos e eletrônicos (10,2%). 

Conforme os resultados da pesquisa, 23,7% das empresas têm dúvidas sobre como conciliar os recebíveis dos marketplaces. Os problemas e erros ocorrem principalmente quando o cálculo é feito em planilhas manuais.

Agora, confira os principais erros de gestão no e-commerce: 

Não saber gerir marketplaces

A maioria dos lojistas consultados atuam em um ou mais marketplaces, que são espaços de compra e venda de produtos. 

Nesse cenário, o levantamento indica que é essencial que os empresários estejam informados corretamente sobre esses ambientes

Além disso, aponta-se a importância de conhecer as regras de comissionamento e outras cobranças aplicadas pelos canais de venda. 

Os resultados mostram que as empresas estão cada vez mais atentas à gestão financeira de marketplaces. Contudo, uma parcela considerável de entrevistados não acompanha os repasses, 14%. 

    Ao assinar a newsletter da Mandaê, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações.

    Dúvidas sobre recebíveis em alta


    A gestão de recebíveis é considerada uma das principais ações para manter a organização financeira de uma empresa em dia. 

    Ela possibilita que o empreendedor estime quanto dinheiro vai entrar no curto prazo e, assim, permite um melhor planejamento de fluxo de caixa. 

    Conforme o relatório do E-commerce Brasil, um dos erros mais comuns ocorre no cálculo das comissões cobradas nas plataformas

    Foram descobertas, inclusive, situações nas quais o dono do negócio passou meses pagando comissões mais altas. 

    Outros erros frequentes são relacionados ao valor de comissionamento, 37,3%, estorno incorreto, 37,3%, e chargeback, 25,4%. Além desses, também são equívocos repetidos a cobrança de frete indevida, 23,7%, as vendas duplicadas, 8,5%, e as penalidades, 1,7%

    Erros comuns de gestão financeira de pequenas e médias empresas

    A head de produtos do Ecommerce na Prática, Babi Tonhela, mapeou alguns dos maiores erros na gestão financeira de de pequenas e médias empresas. Misturar contas bancárias pessoais e empresariais aparece no primeiro lugar da lista. 

    O problema em misturar o dinheiro da empresa com o dinheiro pessoal é que, no médio e longo prazo, o empreendedor pode se perder nas contas e não saber distinguir o que é patrimônio da empresa do que é pessoal. 

    Essa mistura afeta a lucratividade e o fluxo de caixa do negócio. Assim, o ideal é manter sempre as contas separadas

    A falta de administração de estoque e ativos é outro erro comum apontado em pequenas e médias empresas. 

    Isso acontece porque muitos lojistas não sabem a quantidade de itens presentes no estoque e nem o valor de todos os produtos guardados

    Para solucionar o problema, a dica é fazer o controle automaticamente com apoio de um sistema integrado de gestão empresarial. 

    Conclusão

    Ao longo deste artigo, vimos os principais erros de gestão financeira em e-commerce. Não analisar o fluxo de caixa também é apontado como um equívoco repetido e que pode trazer dores de cabeça aos empreendedores

    Quando o fluxo de caixa funciona corretamente, é possível saber, por exemplo, quando a empresa vai alcançar uma meta ou o melhor momento para aumentar ou reduzir o investimento no negócio, então, fique sempre atento!

    Gostou? Compartilhe!