E-commerce

5 tendências do e-commerce para ficar de olho em 2022

Postado por Mandaê

Atualizado em dezembro 2, 2021 por

O comércio online não apenas ganhou força por conta da pandemia. A cada ano, as vendas online sofrem mudanças e as tendências do e-commerce variam. O comportamento dos clientes, tecnologias usadas e tendências de marketing exigem mudanças constantes.

Portanto, se você tem uma loja online, precisa estar sempre perseguindo esses novos objetivos. A Mandaê acompanha de perto todas as novas tendências do e-commerce e resolveu juntar 5 pontos de virada que exigem a atenção de todo dono de e-commerce.

Aumento das pesquisas por voz

Todos nós, que trabalhamos no comércio eletrônico, sabemos como funcionam as buscas. As pessoas redigem “perguntas” para o Google e redes sociais.

Saber disso é essencial para o SEO. Temos de saber como as pessoas irão “perguntar”, para adequar descrições de produtos e conteúdo.

Porém, com grande parte do comércio online hoje ocorrendo a partir de smartphones, muita gente está usando a busca por voz.

O que isso muda? Bem, imagine que a forma com que escrevemos e o modo com que falamos são coisas bem diferentes. Assim sendo, quanto mais o cliente usar a busca por voz, mais as descrições e conteúdos terão de corresponder ao discurso e não à escrita.

Isso significa que textos muito formais e técnicos tendem a cair no esquecimento. Uma linguagem mais coloquial e acessível será cada vez mais necessária – mesmo em áreas como o B2B.

Eventos virtuais e Videoconferências

Webinars, meetings e reuniões online eram comuns já antes da pandemia para quem trabalhava em tecnologia ou na indústria criativa. Desde 2020, eles se tornaram parte indissociável da vida de todos.

As pessoas, por conta das restrições de circulação, avançaram na vida online. Trabalham e se reúnem com colegas e amigos virtualmente. Fazem cursos, assistem a vídeos e palestras. Muitos produzem seu próprio conteúdo.

Se antes disso tudo produzir material em vídeo e realizar eventos online era possível, agora é quase uma obrigação.

O e-commerce terá de oferecer mais possibilidades para o público. Desde o atendimento, até às vendas e passando por serviços adicionais, como consultoria, personalização de produtos, etc. É hora de usar e abusar de eventos virtuais e videoconferências.

Livechats e chatbots

O atendimento via chat tornou-se frequente em grandes lojas. De todas as tendências do e-commerce, esta parece uma das mais consolidadas.

Muitos pequenos lojistas mantêm certa distância de chats, por achar que o atendimento irá consumir tempo. A verdade é que hoje existem sistemas que permitem a programação de perguntas e respostas – o que agiliza o atendimento e encaminha o consumidor ao lugar certo.

Há inúmeros serviços de chatbot e livechat com essa funcionalidade. Inclusive, boa parte das plataformas de e-commerce mais populares possui plugins, módulos ou apps que incluem chats nas lojas.

Preços dinâmicos

Outra das grandes tendências do e-commerce são os chamados preços dinâmicos. Ou seja, eles variam conforme o tipo de consumidor e seu comportamento.

Um dos exemplos mais simples é a concessão de descontos por quantidade. Lojas líderes de segmento hoje empregam algoritmos e sistemas inteligentes que modificam preços segundo inúmeros fatores. Contudo, você pode começar de modo simples:

  • Preços conforme região geográfica
  • Preços de acordo com o horário de acesso do consumidor
  • Precificação conforme a época do ano
  • Descontos para incluir determinados produtos no carrinho
  • Cupons ou descontos no caso de recomendações
  • Preços por faixa etária ou até mesmo preferências de cada consumidor

A boa notícia é que muitas redes sociais e sistemas hoje possuem ferramentas para realizar essa dinâmica. O seu único trabalho é definir as condições de variação dos preços e fazer as contas no lápis, para garantir os seus lucros.

Prazos de entrega cada vez menores

E-commerce que entrega produtos em uma semana? Hoje em dia, prazos tão alongados não são aceitos pelo consumidor, mesmo em compras de produtos maiores ou bens duráveis.

O ritmo e os tempos de entrega hoje são ditados por empresas que possuem estrutura para entregar em prazos recordes. Com isso, mesmo lojas online menores têm de se adequar.

Para sobreviver num mercado onde a logística é parte da venda, é preciso possuir boas parcerias. A Mandaê surgiu como uma resposta a esse problema, mesmo quando os prazos não eram tão apertados quanto hoje.

Há mais tendências do e-commerce?

Sempre. Como tudo o que é online, o e-commerce cria mudanças todos os dias. E você, como lojista, precisa se manter sempre antenado e informado.

A Mandaê sempre irá trazer novidades que sejam importantes para o setor. E, se o assunto for logística, basta falar conosco!

Leia também:

+ Black Friday 2021 – como se preparar e garantir resultados

+ Descubra mais de 70 estratégias de venda para ampliar o seu negócio

    Ao assinar a newsletter da Mandaê, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações.

    Gostou? Compartilhe!