Saiba tudo sobre logística no comércio eletrônico

logística no comércio eletrônico
 
A preocupação em ter uma estratégia de transportes que atenda às necessidades da empresa e dos clientes é um dos principais fatores que pesam na hora de definir táticas para a expansão dos negócios e das vendas online. Diante disso, os custos logísticos podem chegar a porcentagens exorbitantes.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCOMM), o frete é responsável por 58% dos custos logísticos, mas nem sempre é pago pelo lojista. Em contrapartida, 42% dos gastos são destinados ao manuseio (19%) e armazenagem (23%), consumindo uma parcela preciosa do orçamento da empresa.

Além dos altos custos, os processos logísticos tendem a ser complicados e cansativos. Para mudar esse cenário, o primeiro passo é conhecer estratégias para logística no comércio eletrônico e definir qual é a melhor para sua empresa. Para ajudá-lo nessa tarefa, selecionamos os principais pontos que merecem a sua atenção.
 

Logística no comércio eletrônico: confira tudo que você precisa saber

 

Faça o planejamento financeiro do seu e-commerce

 
Para executar o controle de estoque, definir indicadores chave e qual é a melhor solução para envio e transporte é primordial ter um planejamento financeiro estruturado. O seu plano de negócios deve levar em consideração tudo que envolve o processo de logística para e-commerce, como faturamento do frete, envios, custos de envio, bem como trocas e devoluções. Saiba como estimar tudo isso com exemplos de dados reais, baseados no histórico do volume da Mandaê.
 

Descubra qual tipo de estoque é o melhor para a sua empresa

 
O estoque representa a armazenagem dos materiais a serem comercializados por uma empresa que, dependendo do seu perfil (comércio, indústria ou prestação de serviço), pode apresentar diferentes características e formas de administração. Além disso, a decisão de manter produtos armazenados pode ser determinante para a estratégia de vendas e refletir em todo processo logístico no comércio eletrônico. Veja no link acima qual tipo de estoque é melhor para o seu e-commerce e faça o controle rigoroso da administração dos seus produtos.
 

Avalie o desempenho logístico do seu comércio eletrônico

 
Algo nos negócios não está saindo como você gostaria, mas você não faz ideia de como analisar isso? Para saber se tudo está fluindo bem e identificar os aspectos que devem ser melhorados, utilize indicadores chave de desempenho, também conhecidos como Key Performance Indicator (KPI). Essas métricas servem para medir e avaliar o nível de desempenho dos processos chave de uma empresa e alcançar bons níveis de competitividade. No link acima você poderá saber como fazer os cálculos de desempenho e avançar mais um passo em seus conhecimentos de logística no comércio eletrônico.
 

Conheça 4 indicadores logísticos fundamentais no e-commerce

 
Um dos maiores destaques para o comércio eletrônico no último ano está relacionado à qualidade dos serviços prestados pelos varejistas online. Como exemplo, a E-bit registrou queda no volume de atrasos na entrega, chegando ao percentual médio de apenas 8% ao longo do ano (contra 12% em 2014). Em contraponto, o prazo médio anunciado pelas lojas aumentou para 9.4 dias contra 8.7 no ano anterior.

Com isso, a E-bit apurou em 2015 o mais alto índice do indicador NPS (Net Promoter Score) de sua série histórica, um indicador que mensura a satisfação e a fidelização dos clientes.

Como a logística no comércio eletrônico é um fator chave para melhorar a experiência do cliente e consequentemente incrementar o NPS, conheça no link acima alguns KPI’s fundamentais para qualquer operação de venda online.
 

Invista na embalagem dos seus produtos

 
Uma atividade fundamental na logística para comércio eletrônico é evitar ao máximo danos com o produto durante o transporte. A melhor forma de assegurar isso é investir no correto empacotamento, com itens de proteção adequados para cada objeto.

Antes de tudo é importante utilizar caixas resistentes e de boa qualidade, mas sem se esquecer de materiais como plástico bolha, isopor e até travesseiros de ar para proteger o objeto contra impactos. Confira no link acima como conseguir isso e garantir uma ótima experiência de compra ao seu cliente.


 
Você tem alguma dúvida sobre o processo de logística no comércio eletrônico ou quer ver aqui algum assunto que considera importante? Deixe um comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *