E-commerce

Laboratório Fantasma resolve problema logístico com a Mandaê

Postado por Mandaê

Atualizado em julho 14, 2021 por Mandaê

Quando pensamos em maneiras de alcançar um cliente, logo vêm na cabeça estratégias de marketing: blogs, redes sociais, anúncios e tudo mais que possa atrair o público-alvo e gerar vendas.

Só que “alcançar um cliente” também é um dilema logístico enfrentado por inúmeras lojas virtuais, já que, muitas vezes, uma mercadoria não chega ao destino, quebrando as expectativas do consumidor em relação à loja e ao produto adquirido.

Esse era um problema frequente do e-commerce Lab Fantasma, do coletivo Laboratório Fantasma. Em alguns casos, o antigo operador logístico da loja virtual não entregava as mercadorias compradas pelos clientes.

Para resolver essa situação, a Mandaê entrou em jogo e acabou se tornando um parceiro logístico da marca. Fernando (Mundiko) de Assis, gerente de e-commerce da Lab Fantasma, conta a seguir os detalhes dessa relação.

Laboratório Fantasma: entre rimas e croquis

A Lab Fantasma tem ligação estreita com a música. A marca surgiu com a primeira mixtape [uma compilação de músicas] do rapper Emicida (à direita na imagem principal), Pra quem já mordeu um cachorro por comida, até que eu cheguei longe.

Juntamente com seu irmão, o rapper Evandro Fióti (à esquerda na imagem principal), a dupla investia na venda direta de produtos, que incluíam camisetas, CDs e bonés, em shows de rap, de maneira bastante informal.

De acordo com Fernando Mundiko, a Lab Fantasma aplicava um marketing de guerrilha, que até hoje é símbolo da marca.

Ele conta que viajava com a equipe e, após o final dos shows, ele próprio realizava as vendas de mão em mão. “O Emicida falava no palco: ‘Quem quiser comprar o CD vai ali naquele cara’”, diz. Com isso, muita gente interessada nos produtos foi aparecendo.

Também, em paralelo, a Lab comercializava através de um e-mail. “A pessoa entrava em contato solicitando a compra, aí fazia um depósito bancário e pagava o valor do frete”, explica Fernando.

A demanda cresceu e foi necessário automatizar o processo de uma forma que a equipe não tivesse que ficar o tempo todo respondendo informações sobre os produtos. “Foi mais fácil criar uma loja virtual e colocar toda descrição e fotografia por lá.”

O e-commerce surgiu em 2010 e hoje representa cerca de 70% do faturamento da marca – além da loja virtual e da venda direta, a Lab possui lojas revendedoras espalhadas pelo Brasil.

Diversos itens estão à venda no e-commerce do Laboratório Fantasma

Roupas, livros, acessórios, óculos e relógios estão entre os itens vendidos pela Lab

Moda com propósito

Em 2016, surgiu a proposta de a Laboratório Fantasma lançar uma coleção de roupas e acessórios mais voltada para o mundo fashion, e assim a marca estreou na São Paulo Fashion Week.

O maior desafio foi colocar dentro da passarela pessoas que de fato representassem o público da Lab. Segundo Fernando, 80% do casting era composto por modelos negros e negras, e a marca também contou com modelos plus size. “Todas as pessoas que acreditam no nosso trabalho, de alguma forma, estavam presentes naquela passarela.”

Um dos objetivos da Laboratório Fantasma é promover uma moda mais inclusiva, tanto que a marca é considerada um símbolo forte de representatividade.

“Gostamos de atender todo mundo. Acho que a marca representa um sonho nas pessoas de que seja lá de onde você veio, ou quais condições você tem, se sonhar e correr atrás do seu sonho, é possível”, defende Fernando.

Porém, o que não estava tão inclusivo assim era o processo de entrega das mercadorias. A solução logística que a Laboratório Fantasma contava até então era um pouco limitada. “Tinham regiões que não eram atendidas por esse operador, ou atrasava a entrega, ou fazia meu cliente retirar em um local de postagem”, fala.

A Lab teve muitos feedbacks de clientes apontando esse tipo de problema até começar a trabalhar em parceria com a Mandaê. “Ela me trouxe uma solução que avalia o melhor custo-benefício e trabalha com transportadoras que possibilitam a entrega para o meu cliente.”

Lab Fantasma & Mandaê: sintonia à primeira vista

O primeiro contato da Laboratório Fantasma com a Mandaê foi no meio digital. “Pelo fato de a gente trabalhar com e-commerce, todo mundo aqui tem uma lição de casa que é procurar novas soluções. Como tínhamos muito problema de logística, surgiu o nome da Mandaê”, adiciona Fernando.

Como ele explica, a Laboratório Fantasma teve a dimensão de que essa parceria era a solução ideal a partir do momento que aconteceu a primeira reunião para falar sobre os valores, o funcionamento e a política da Mandaê.

“Houve uma admiração mútua, tanto da nossa parte com a Mandaê quanto das pessoas que vieram fazer essa reunião com a gente. Elas já conheciam e admiravam nosso trabalho, e quando você tem esse formato de parceria entre empresas, a relação fica muito melhor”, enfatiza o gerente de e-commerce.

Para ele, a Mandaê ofereceu um serviço diferente. “Veio com uma proposta de me ouvir como cliente, de crescer junto comigo e me fazer crescer também. Esse é o principal fator que nos chamou a atenção”, destaca.

Estampas da coleção Avuá, que será lançada em novembro de 2017

Trabalho conjunto

Além da melhora na logística, a Mandaê também auxilia a Lab Fantasma a reforçar um de seus principais diferenciais: o contato direto com o consumidor.

“O olho no olho é um símbolo da nossa marca. Gostamos muito de conversar com nossos clientes em todos os meios possíveis e, além de conhecer um pouquinho da história de cada um, entender como a marca impacta o dia a dia desse cliente”, fala Fernando.

Com o painel de ocorrências da Mandaê, que mostra o status de cada encomenda, a loja virtual consegue visualizar desde o despacho até o ato da entrega de uma mercadoria. “Tudo isso é notificado para nós e é uma maneira de se precaver em relação a algum tipo de problema”, diz.

O recurso da Mandaê aliado à equipe muito bem treinada da Laboratório Fantasma é a base do atendimento de qualidade prestado pela loja virtual. “Você pode ver em rede social, Ebit ou Reclame Aqui, nosso atendimento é elogiadíssimo, basicamente um símbolo da Lab desde o surgimento da marca.”

Para Fernando, além do atendimento humanizado é importante o cliente estar satisfeito com o produto, a entrega, o serviço e a experiência de compra como um todo. Para Mandaê, é incrível poder colaborar com isso.

Crédito imagens: Reprodução/Lab Fantasma

    Ao assinar a newsletter da Mandaê, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações.

    Gostou? Compartilhe!