Helena Bordon: ”A Mandaê nos ajuda e atende nossas necessidades”

Criar um negócio que já carrega uma história por traz de seu nome pode ser a fórmula para a rápida ascensão. Porém, engana-se que esse caminho também seja o mais fácil. No mundo dos negócios, há muitos obstáculos que precisam ser considerados para que um produto não fique refém apenas de seu nome – e a it-girl Helena Bordon sabe bem disso.

Filha da ex-diretora da Daslu, Maria Donata Meirelles, Helena já nasceu no mundo da moda. A paixão rendeu um site com dicas sobre estilo e temas como beleza e viagem. Com o tempo, o hobbie se transformou também em profissão e seu nome deixou de ser apenas referência para se tornar um produto: Helena Bordon.

Helena Bordon

A marca de Helena nasceu para oferecer, como ela chama, os modelos de óculos de sol e de grau dos sonhos aos amantes do acessório. A escolha do produto também foi fruto de uma paixão, já que a empresária é fã do artigo. Como a maior parte de sua interação com o público sempre foi digital, as vendas foram abertas inicialmente em uma plataforma e-commerce, no fim de 2015. Atenta a cada detalhe da experiência de compra de seus clientes, Helena já assumiu que processos como a entrega lhe causavam preocupação.

As peças são confeccionadas com matéria-prima da Itália e Alemanha e finalizadas à mão

Helena + Mandaê

  • Ações preventivas em entregas sinalizadas
  • Entregas rastreáveis pelos clientes
  • Preços menores que os da concorrência

A primeira vez que o time da Helena ouviu falar sobre a Mandaê e os serviços que ela oferece para os e-commerces, foi por meio do ex-brand manager da empresa. Ele sugeriu que os acessórios fossem coletados pela plataforma logística e entregue aos destinatários.

A proposta da Mandaê foi o que chamou a atenção da marca. Além dos recursos que disponibiliza em seu painel, o preço baixo que oferece despertou na empresa o interesse para que um serviço de entrega mais competitivo fosse oferecido a seus clientes. “A Mandaê é capaz de oferecer preços de frete menores que o da concorrência em geral”, avalia Amanda Tcherniakovsky, que integra o e-commerce da empresa.

De acordo com Amanda, o lançamento da loja virtual não trouxe grandes preocupações ou dificuldades para o time, mas os cuidados com os processos eram necessários para garantir uma experiência de qualidade.

Rastreaê e Painel de Ocorrências

Entre as soluções oferecidas pela Mandaê para tornar a logística da Helena Bordon mais completa e eficaz, o Rastreaê e o Painel de Ocorrências são as preferidas da marca. Segundo Amanda, a opção de envio do link de rastreamento diretamente para o endereço de e-mail do cliente é uma vantagem que simplifica a rotina da equipe. “Antes nós não oferecíamos esse recurso como opção aos nossos clientes”. Agora, com o código, os consumidores conseguem acompanhar o status de entrega de suas encomendas.

Já o Painel de Ocorrências ajuda a marca de óculos a ganhar velocidade e inteligência durante a última etapa. Isso acontece com a ajuda de dois dos recursos oferecidos pelo Painel: a notificação de problemas e a prevenção de ocorrências.

+ Conheça o Rastreaê, solução para o rastreamento de encomendas

  • Notificação de problemas: esse recurso alerta o e-commerce sobre problemas na entrega, como CEP incorreto e nota fiscal cancelada e aceita que as informações sejam corrigidas com facilidade diretamente no Painel.
  • Prevenção de ocorrências: já a função de prevenção permite que a marca saiba, antecipadamente, quais encomendas irão atrasar durante a entrega. Assim, é possível agir preventivamente e evitar que o índice de reclamações dos clientes dispare.

Para Amanda, as soluções oferecidas geram resultados positivos e ajudam a tornar os processos logísticos da marca mais simples. “Praticamente todas as nossas necessidades são atendidas com a Mandaê”.

Helena Bordon: personalidade e marca

Helena já nasceu dentro do mundo da moda. Desde criança sentava nas primeiras filas dos desfiles das Fashion Weeks pelo mundo e em entrevistas já confessou, inclusive, que quando sua mãe viajava, aproveitava para atacar seu closet.

A paixão rendeu uma temporada fashion em Nova York e o título de uma das 500 pessoas mais influentes no universo da moda no site Business of Fashion.

Antes da loja de óculos, Helena se reuniu com amigas para lançar a grife 284. Foi em 2015 que os planos de uma marca de óculos saíram do papel e o e-commerce foi ao ar, vendendo óculos produzidos no Brasil e finalizados à mão. Cerca de um ano depois, após conquistar espaço entre seus consumidores, a marca de Helena Bordon chegou ao varejo físico com uma flagship, as chamadas lojas conceito, e hoje já soma mais de 40 pontos de venda espalhados pelo Brasil e dois fora, em Porto e Londres.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *